Saturday, October 3, 2009

Introspecção

Que faz um homem quando o caminho que ele percorre se torna difícil demais? Quando os obstáculos se renovam, apesar de já terem sido ultrapassados? Quando o suposto companheiro do caminho se mostra como apenas mais um obstáculo difícil de transpor?
O homem sensato desiste. Ele sabe que o caminho se tornou demasiado penoso, por isso afasta-se, reconhecendo a sua derrota. Não sente remorsos, pois sabe que fez o que devia ter feito, e fica contente por não ter feito mais nenhum erro.
O homem presistente continua. Ele sabe o que esta á sua frente mas, mesmo assim, insiste em tentar. Quando o obstaculo o derruba, ele levanta-se e tenta outra vez. E assim continuará até que um destes finais aconteça: Ele consegue ultrapassar o obstáculo e segue em frente até ao próximo, mantendo a mesma perseverança e confiança apesar de,pouco a pouco, começar a ficar afectado.
Ou, ele nunca consegue passar o obstáculo, fazendo com que ele fique preso para sempre a combater uma batalha que não vai ganhar.
O homem calculista analisa. Ele observa o que o trava no seu caminho, pensa, calcula, formula. Ele constrói um plano solido para ultrapassar esse obstáculo. E consegue. No entanto, ele perdeu demasiado tempo. Tempo precioso que não vai recuperar. Um dia, ele percebe que perdeu muito tempo e começa a formular uma maneira de o ganhar de volta. Ao fazer isto, ele gasta todo o tempo que lhe resta. Irá afastar-se do caminho arrependido, mas convencido que fez o que podia.
O homem ingénuo adia. Quando um obstaculo se apresenta, ele coloca-o as costas e segue, carregando com o obstaculo e as suas consequencias. E assim faz sempre, até ao dia que os obstaculos o sobrecarregam e deixam o homem de joelhos, fazendo-o sair do seu caminho, para um outro caminho, supostamente mais rapido para chegar ao seu destino, mas que apenas é mais rapido para o afastar.
Que faz o homem quando as escolhas são inúmeras e dolorosas, mas que possuem o poder de alterar o seu caminho? Que faz o homem quando esta rodeado de dor? Que faz o homem quando os seus companheiros do caminho o deixam sozinho? Que faz o homem quando a felicidade saiu do seu caminho à muito?
Ele aguenta e continua, sempre com a esperança de voltar a ter uma razão para caminhar o seu caminho.
No entanto, ele sabe, bem no fundo do seu ser, que não vale a pena.

2 comments:

x Inês ( ? ) said...

Oh João , que texto . Adorei . Como estão as coisas com ela ? : /

Soraia P. said...

adorei o texto :)