Thursday, October 16, 2008

Conversa entre dois anjos

"Hey, anda cá! Olha-me este!" disse um anjo alto, de cabelos castanhos, para um anjo um pouco mais baixo, de cabelos pretos. "Ah, não acredito... tas a brincar comigo, certo?!" exclamou o anjo de cabelos pretos. "Não... foi mesmo agora... odeio estas situações... dão-me tanta pena..." disse o anjo de cabelos castanhos. "Pois, a mim também...enfim, qual foi a causa da morte?" respondeu o anjo de cabelos pretos. "Oh Gabriel, mas tu não vês logo que foi suicídio?!!" disse o anjo mais alto. "Eu sei isso, mas eu tava a perguntar os motivos, Pedro!!" disse Gabriel. "Ah! Vamos ver então. Ora bem..." começou Pedro, folheando alguns papeis. "Rapaz, 16 anos, muito gozado na escola, poucos amigos, nenhuma namorada... muito amor para dar?" estranhou, enquanto olhava mais de perto. "Isso deve ser gralha,pá...deixa ver... Não é nada...o rapaz andava mesmo desesperado por amor..." afirmou Gabriel. "Acho que ja sabemos a causa da morte... morreu de amor..." completou Pedro.
"Bem, agora, só temos duas escolhas... quer dizer, ele tem... pode ir para o Inferno por causa de se suicidar, ou torna-se anjo da guarda de quem ele amou... Pedro, acorda-o tu, eu faço as esplicações." disse Gabriel. Ele obedeceu, tocando-lhe de leve na testa, fazendo o rapaz acordar. Explicações dadas, fizeram-lhe a pergunta. "Vá, jovem, agora é contigo... anjo da guarda ou Inferno?" perguntou Pedro. "Anjo da guarda, sem qualquer duvida." respondeu de imediato.
"Muito bem. Podes ir... ah,já agora, qual é o teu nome? Tenho de por no relatório para o Chefe..." Perguntou Gabriel. "João..." respondeu ele. "E justificação para o suicidio?" Perguntou Pedro.

"Amor não correspondido e esperança destroçada..."

1 comment:

x Inês ( ? ) said...

Gostei mesmo , realmente dava para ser a continuação do meu , embora eu nao estivesse a pensar em nada disso e o sentimento não ser exactamente a mesma coisa , mas gostei (: