Sunday, October 12, 2008

Talvez uma história veridica

Tenho uma história para contar. Mas não vou revelar nomes em concreto.
Era uma vez, numa terra não muito longe (vamos chamar-lhe Oliveira do Bairro), havia uma escola,( vamos chamar-lhe Escola Secundária de Oliveira do Bairro) e nessa escola, dois alunos que vão protagonizar esta história.Um era um rapaz, que era muito gozado e, por causa disso, sentia-se muito só na vida. Vamos chamar-lhe João. Depois tínhamos uma rapariga, que era muito alegre e popular. Gostava muito de verde, e era lindíssima. Nesta história, digamos que se chamava Inês. Ambos os nossos jovens protagonistas andavam na mesma turma. A Inês era a melhor amiga do João. O João gostava dela, secretamente. Eles eram muito pegados. Mas a Inês tinha o melhor amigo dela ( será referido como Germano), e os amigos dela (para encurtar, vamos chamar-lhes O Grupo), que não iam muito bem com o nosso pobre João, por ele ser alvo de chacota de toda a escola. O João sofria muito, pois sempre que não estava com a Inês, sentia-se muito sozinho e triste, e quando estava ao pé dela e d'O Grupo, acabava sempre por se sentir excluído. Muito excluído. Mas um dia, o João fartou-se de tudo. Decidiu partir para a acção. Fartou-se de ser uma paráia para toda a gente. Ninguém gostava dele na turma, e chegava a ser gozado por saber mais que os outros. Ele passou por tudo para chegar onde chegou, mas todos têm um limite. Então, um dia, colocou o seu plano em marcha. Era agora ou nunca. Com a ajuda dos poucos amigos que tinha, montou um sistema de som a frente da casa da Inês. Chamou-a, e começou a cantar a canção favorita dela( para referencia, digamos que era a "Tonight" dos "FM Static"), e a meio da canção, pediu-lhe em namoro.
A partir dai, formaram-se muitas lendas. Uns dizem que Inês aceitou, e que viveram felizes para sempre, outros dizem que ela recusou e João matou-se. Também existe a versão que O Grupo, por achar que a Inês merece alguém melhor, acaba com o namoro deles, fazendo o João emigrar, só para voltar a Portugal para reencontrar Inês, casada com Germano, infeliz com o casamento...
Mas isto não passa de uma história, um mito urbano...

ou talvez um futuro a espera de acontecer...

1 comment:

x Inês ( ? ) said...

Não sou popular , nem sou lindíssima , não sou nada . Sou uma simples rapariga que , acredites ou não , se sente tão sozinha como tu . Mas não adianta sonhares comigo João , desculpa , mas não adianta . O meu coração já pertence a outra pessoa , a alguém que não o merece , é certo , mas já não me pertence .

Um beijo , gostii amigo .